20 de Julho de 2018

Dicas para fazer deliciosas carnes assadas no forno

Em: Dicas
718

Como fazer carne assada suculenta e saborosa.

Para quem gosta de carne, há poucos cheiros que abrem o apetite como o de carne sendo assada no forno. E nada mais decepcionante que descobrir que aquele aroma vem de uma carne seca e dura.

Por isso, para fazer uma carne assada suculenta por dentro, dourada por fora e muito saborosa, siga as nossas dicas!

1. Asse cortes inteiros da carne

Para ter uma carne suculenta, o ideal é assar cortes inteiros e grandes de carne, pois a cocção é mais lenta em relação às outras maneiras de preparo. Portanto, evite cortar a carne antes de levá-la ao forno.

Cortes com osso ou um pouco de gordura são os melhores para assar no forno, pois essas características ajudam a manter a carne umedecida. Se você está em dúvida sobre qual corte comprar, nossa dica é escolher entre maminha, costela bovina, paleta de cordeiro, picanha, alcatra, contrafilé ou coxão mole.

2. Como temperar a carne para assar no forno

O tempero para a carne assada no forno depende do gosto de cada pessoa, é claro. Em geral, temperar com sal é uma estratégia que não tem erro - você pode até mesmo usar o sal grosso para fazer uma "cama" para a carne e depois bater como se tivesse feito na churrasqueira.

Outra dica para temperar a carne, que irá ao forno, é mariná-la. Dessa forma, ela absorverá todos os sabores dos temperos e ficará mais suculenta.

Nós temos diversas receitas de carne assada com marinadas, como contrafilé ao molho de laranja, cupim com vinho, acém com mandioca, fraldinha com mel e mostarda, contrafilé com alho e muito mais na seção de receitas do blog.

3. Como não deixar a carne ressecar no forno

Para isso, o primeiro passo é assar o corte inteiro da carne, como citamos anteriormente. Quanto menor ou mais fatiada estiver a carne, há mais chances de queimá-la.

Outro ponto importante, é cobrir a carne com papel alumínio enquanto ela assa e só retirá-lo nos minutos finais de cocção para dourar. Isso ajudará a manter a umidade da carne.

E por fim, não abandone a carne no forno enquanto ela assa. Verifique de meia em meia hora o seu ponto - basta pressioná-la com o dedo: quanto mais mole, mais crua ela está; quanto mais firme, mais ao ponto está. E, para carnes com ossos como a costela ou a paleta, assim que a carne começar a desgrudar do osso, está pronta para servir.

Comentários